Chuveiros, aquecedores, secadoras de roupas e ferros de passar estão entre os “vilões” da conta de luz durante o inverno

 

 

Com a chegada do inverno e a diminuição das temperaturas, consumidores alteram os seus hábitos de consumo de energia para manter a sensação de conforto e bem-estar. O frio faz com que as pessoas tomem banhos mais quentes e demorados, e outros eletrodomésticos passam a ser utilizados com mais frequência, como secadores de cabelo e secadoras de roupa. Com isso, a tendência é o aumento do consumo de luz, pesando na conta de luz no final do mês.

Assim como o ar condicionado no calor, o chuveiro elétrico é o principal responsável pelos gastos no frio, tanto de energia quanto de água. Ao utilizá-lo no modo “inverno”, o acréscimo no consumo é de até 30% em relação ao modo “verão”. Somente o chuveiro é responsável por 25% a 35% dos gastos na conta de luz nos meses mais frios.

Segundo o gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Felipe Zaia, a melhor estratégia para evitar desperdício e possíveis aumentos na fatura é conhecer os aparelhos que causam maior impacto no consumo. “É importante que os consumidores também coloquem em prática hábitos mais conscientes no consumo de energia para manter o conforto e bem-estar sem impactar a conta de luz”, afirma o executivo.

 

Conheça os 5 maiores vilões da conta de luz nos meses mais frios do ano:

  1. O chuveiro elétrico no modo “inverno” é um dos aparelhos que causam maior impacto na conta de luz nesse período. O acréscimo no consumo é de cerca de 30% em relação ao modo “verão”;

 

  1. Os dias mais curtos e com menos luz solar fazem também com que máquinas de secar roupa sejam acionados mais vezes e por mais tempo. As secadoras consomem entre 120 a 150 kWh por mês quando utilizada uma vez por dia;

 

  1. Os aquecedores entram em ação para garantir conforto térmico e, muitas vezes, ficam ligados por longos períodos. Qualquer equipamento que geram calor precisa de uma potência maior para funcionar;

 

  1. O uso exagerado de secadores de cabelo, além de torneiras elétricas para aquecimento de água, também impactam a conta de luz no inverno.

 

  1. Os ferros elétricos podem se transformar nos maiores vilões da conta de luz nos meses frios, quando ligados a todo o momento. Isso acontece, pois esse eletrodoméstico transforma energia em calor;

Consumo consciente

Como é difícil, nesta época do ano, ficar sem a utilização desses aparelhos, a CPFL Energia recomenda que o consumidor compense a utilização desses itens adotando hábitos mais sustentáveis e soluções ligadas ao uso de eletrodomésticos.

“Ao incentivar a mudança de hábito dos consumidores para a utilização consciente de energia, estamos colaborando para a preservação de recursos naturais. A busca pela eficiência energética é essencial para obter os melhores resultados ambientais e financeiros – no consumo da energia nos equipamentos e, consequentemente, no valor da conta que chega ao final do mês”, enfatiza Zaia.

Confira em 12 dicas da CPFL Energia para economizar energia elétrica durante o Inverno:

 

 

  1. Chuveiros

 

1.    Programe banhos para os inícios ou finais de tarde, quando a temperatura ainda não caiu muito

2.    Tome banho mais curtos: além de economizar energia, isso também reduz o consumo de água

3.    Mantenha limpos os orifícios da passagem de água do seu chuveiro elétrico

4.    Use o chuveiro em conjunto com equipamentos que usem energia alternativa para pré-aquecer a água, como aquecedores solares ou trocadores de calor

5.    Modelos de duchas eletrônicas, que permitem uma regulagem mais apurada da temperatura, também determinam gastos menores no consumo de energia.

6.    Instale chuveiros com resistências de menor potência, uma vez que isso reduz o consumo e sem que haja perda sensível na qualidade do banho

  1. Lavadoras, Secadoras de Roupas e Ferro de Passar

7.    Opte por modelos mais eficientes no momento de adquirir os eletrodomésticos, priorizando os modelos com o selo A do Procel

8.    Limpe frequentemente os filtros das lavadoras de roupas

9.    Utilize, nas lavadoras de roupas, a medida de sabão indicada pelo fabricante para evitar enxagues repetidos

10.  Máquinas de lavar e secar devem ser ligadas somente quando houver a quantidade máxima de peças

11.  Acumule a maior quantidade de roupas para passar de uma só vez e, se possível, faça isso em um dia da semana. Passe primeiro as peças que requeiram temperaturas mais baixas

12.  Evite passar roupa quando diversos aparelhos elétricos estiverem ligados ao mesmo tempo

 

Fonte: Jeo Online

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *